26 de jun de 2013

Sinais de que seu relacionamento não vai bem


Está claro que seu relacionamento já não é aquela maravilha que costumava ser?
Se você está sentindo o "peso" da rotina e está desanimada com seu parceiro(a), fique atenta(o) aos seguintes sinais:

Brigas constantes - Qualquer tentativa de conversa ou entendimento, acaba em briga. As cobranças também   se tornam diárias.
Quando as brigam passam à falta de respeito e humilhação, isto já deixou de ser um relacionamento saudável.

A diversão dura pouco tempo - Estão faltando risadas e palhaçadas. Casais que acima de tudo são amigos, sempre "tiram sarro" alheio juntos. 
Estes momentos são muito importantes. Quando estão em falta, predominam a "cara amarrada" e a distância - cada um no seu canto.

Falta de sexo - É óbvio que sexo não é tudo o que segura um relacionamento, mas a falta dele interfere (e muito!) para o fim da vida conjugal.
Se você está passando por isso, é fundamental que converse com seu parceiro(a) e resolvam o problema juntos! Não basta que somente um de vocês tente!

Vocês preferem a companhia dos amigos - Se o dia/noite vai ser melhor na companhia dos seus amigos em comparação ao seu parceiro(a), e isso já é frequente, vale a pena continuar junto?
Se você definitivamente não aguenta mais voltar pra casa e encontrar seu parceiro(a), nem precisaria ler estas dicas.

As conversas não resolvem mais os problemas - não adianta ficar conversando, pois cada um tem sua opinião e não está aberto à discussões. Vocês já não se ouvem mais e preferem "engolir" o problema à tentar resolvê-lo conversando.

Atração por outras pessoas - Vocês já estão encarando outras pessoas como possibilidade. Se deixou de ser somente admiração, existe grande chance de traição.

Os defeitos parecem maiores - Tudo o que você consegue ver no outro, são os defeitos. A irritação é constante diante das atitudes e costumes alheios, assim como as reclamações e apontamentos.

Não existe mais desejo - Não somente a falta de sexo, mas vocês já não sentem desejo um pelo outro. Neste caso, o sexo (se ocorre) tende a ser mecânico e somente para "marcar presença". Se você está se sentindo indesejada(o), pare para pensar se também está desejando.

O silêncio prevalece - Vocês não sentem nem mais vontade de conversar e contar ou perguntar sobre o dia um do outro. Simplesmente "tanto faz" o que ele(a) fez hoje, com quem encontrou e o que disse...

Lembranças da vida de solteiro - Você constantemente se pega pensando na vida que levava quando solteira. E sente saudade da diversão que tinha - poderia voltar a ter.

Ciúme sufocante - Para quem sente, não parece um problema. Quem sofre com o outro, é que está fadado a ficar "de saco cheio". No começo parece tudo normal, mas acaba desgastando demais o relacionamento.

Ausência de ciúme - Parece maravilhoso, mas não se engane! É triste estar com uma pessoa que não sente o mínimo ciúme de você. Existe um limite (positivo e negativo) de ciúme saudável e ele deve existir!

Desânimo em planejar o futuro - Não há mais animação em pensar nas coisas que ainda podem fazer juntos, como comprar um imóvel ou simplesmente programar uma viagem a dois.

Dúvida sobre o sentimento - Será que o amor ainda existe ou ele simplesmente se resumiu à rotina? Será que você não se acostumou com esta companhia (somente)? Até quando vale a pena?

Se você precisa FAZER ESTAS PERGUNTAS, cuidado...

Beijos,
Lu

A imagem utilizada no post  não é de minha autoria e não encontrei qualquer referência sobre os autores

8 comentários:

  1. Nossa,muuuito bom! Me identifiquei com muita coisa ai haha
    Acho que em um relacionamento que tem amor mais não tem paixão, é um começo do fim!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. É isso mesmo, Amandinha! Amor tá longe de segurar um relacionamento!

      Beijos,
      Lu

      Excluir
  2. MINHA VIDA SE ENCONTRA NESTA MERDA,PARECE QUE VC TIROU ISTO DE MINHA VIDA.....


    MAX´- SAO JOSE DOS CAMPOS-SP

    ResponderExcluir
  3. Eu entendo Max. Na verdade, já passei por isso e este post foi escrito por experiência própria. A relação deixa de ser confortável para ambos e acaba virando um "costume" mesmo, pq nem a amizade existe mais. Acredito que se ambos concordam, e querem resolver os problemas, ainda existe uma chance. Senão fica difícil, mesmo....

    Obrigada pela visita e pelo comentário!

    Beijos,

    Lu

    ResponderExcluir
  4. Eu e minha namorada ja nao nos vemos mais , por que nossos horarios de serviçoes , cursos , etc nao permitem..
    E eu estou com medo de essa "distancia" separar agente "mentalmente" sei la. Modo de vermos um ao outro ou algo do tipo.

    Tenho ciumes dela , morro de medo de essa distancias afastar agente e ela acabar conhecendo alguem que seja interessante aos olhos dela e assim terminarmos o namoro.

    Eu ando muito preocupado com isso , nao temos mais tempo nenhum para nós , nenhuma mesmo. Vamos por 4 vezes por mes agente se ve , passa um dia juntos.

    Da uma dica ai , ajuda sei la...

    para mim tentar manter a chama te sempre tivemos quando estavamos sempre juntos , sempre nos divertindo , etc.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olha, posso te falar por experiência própria que a distância separa nossa mente da outra pessoa...
      Mas, o que realmente segura um relacionamento não é a presença física, é a CUMPLICIDADE, o COMPANHEIRISMO. Você ainda sente isso por parte dela?
      Como vcs passam pouco tempo (4 dias) por mês juntos, cabe a vocês 2, tornar essas poucas horas inesquecíveis! Mulher, quando passa 1 dia apaixonante com alguém, pensa neste único dia o mês inteiro. E te garanto, enquanto ela mantiver o pensamento em você, não haverá lugar pra mais ninguém!
      Se vocês fizerem destes poucos dias, comuns, sem graça, aí não vai ter jeito - mais cedo ou mais tarde os dois vão encontrar pessoas mais interessantes!
      Vocês estão juntos, suponho que você saiba das coisas que ela gosta - se não, conversem! - então use o tempo que vocês passam separados, para pensar em coisas MARCANTES pra fazerem juntos!
      Tente, de verdade...depois me avise o que aconteceu! Torço por você!
      Obrigada pela visita e pelo comentário!

      Beijos,
      Lu

      Excluir
  5. Em 6 meses de namoro que era motivo até de admiração alheia, hoje parece que diariamente acontece algo que tira a minha paz diante do relacionamento. Eu e o meu namorado temos muito diálogo e ele sempre se demonstra muito aberto e interessado em melhorar nossa relação, por isso a gente nunca brigou e nem discutiu! Porém, há quem convive diariamente com ele e dizem que não o vê mais tão feliz! Sinto uma agonia imensa em imaginar que ele pode estar apenas acomodado, porém quando estamos juntos a alegria e companheirismo toma conta de nós. Espero que o fim não esteja próximo...

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Pelo o que você me diz, acredito que vocês já tenham passado da fase "paixão", que acontece no início de todos os relacionamentos, quando sentimos vontade de estar sempre com a outra pessoa e ficamos ansiosos. É comum depois de algum tempo, a poeira baixar um pouco, pois conhecemos melhor o outro e realmente acabamos ficando mais "acomodados", mas isso não é necessariamente ruim. Se você me diz que quando estão juntos a alegria e o companheirismo toma conta de vocês, fico feliz, pois estas são as duas coisas importantes que devemos compartilhar com quem está do nosso lado.

      Obrigada pela visita e pelo comment!

      Beijos,
      Lu

      Excluir